A força do empreendedorismo feminino na crise

Quero Inovar

Artigo - 10 de setembro de 2020

Por Sebrae-SP  | Donas de empresa, Empreendedorismo Feminino, Mulheres empreendedoras

A pandemia foi um momento implacável para os negócios em 2020 e as mulheres estão entre as mais afetadas. Estima-se que cerca de 52% das empreendedoras tiveram que fechar suas empresas, seja temporariamente ou mesmo de vez. Apesar disso, elas também foram as que agiram melhor para se restabelecer dentro do chamado novo normal. Veja mais sobre está o cenário do empreendedorismo feminino neste momento.

Desafios das mulheres ao empreender

Na live “Como ser mulher empreendedora na crise e como sair mais forte dela?”, Coordenadora Nacional de empreendedorismo feminino SEBRAE, Renata Malheiros, citou pesquisas que mostram quais são os principais desafios que as mulheres enfrentam ao gerir negócios próprio. Segundo Renata, o faturamento de empresas abertas por mulheres é menor que o de homens. Um dos motivos apontados pelos estudos é a carga horário. Por acumularem as tarefas do lar junto com a vida profissional, as mulheres dedicam cerca de 18% de horas a menos com seus negócios.

Outro motivo apontado é a área de atuação. Os dados apresentam que o empreendedorismo feminino geralmente ocorre nos setores de alimentação, moda e beleza. Para Renata, existem algumas crenças que limitam a presença de empreendedoras em outras áreas, como aqueles ligados a tecnologia, ciência e exatas.

Elas buscaram a solução

Apesar das adversidades, as empreendedoras foram as que mais tentaram encontrar maneiras de continuar seus negócios durante a pandemia. As donas de empresas buscaram mais soluções digitais para vender do que os empreendedores, estima-se que cerca de 32% mais.

Para fortalecer o empreendedorismo feminino, o Sebrae-SP lançou, em agosto de 2020, o Movimento Sebrae Delas SP. O foco é apoiar essas mulheres que desejam ter um negócio próprio, ajudando a despertar o autoconhecimento, aumentar a rede de contatos e melhorar a competitividade, além de auxiliar no acesso a mercado e acesso ao crédito orientado. O programa atende quatro pilares: inspiração, capacitação, impacto e mentoria. Ao todo são 13h de capacitações online e mais 2h de mentoria agendada.

No dia 15 de setembro, às 19h30, o Sebrae SP realizará o evento online gratuito Movimento Sebrae Delas: Elas Realizam. Durante a live, mulheres de sucesso, como a empresária Luiza Brunet; Dra. Fabíola Sucasas, promotora de justiça do MPSP; Gabriela Correa, idealizadora do Lady Driver; Cyntia Tavares, sócia proprietária da NutriMax e Gaya Machada, especialista em desenvolvimento do potencial humano, mind skills e liderança criativa, vão compartilhar experiências no mundo dos negócios. Para se inscrever no evento, acesse: https://sebrae.contatosebraesp.com.br/sebraedelas

Quer avaliar como está a organização do seu negócio? Então inscreva-se no formulário e recebe um material guia para ajudar você nessa tarefa.

Captcha obrigatório