Banco do Brasil libera operações de crédito para MPEs

Quero controlar meu dinheiro

Artigo - 24 de março de 2020

Por Sebrae-SP  | Banco do Brasil, Crédito, linha de crédito

O Banco do Brasil começou nessa segunda-feira (23) a liberar as operações de crédito para garantir a liquidez financeira das micro e pequenas empresas nesse período de pandemia do coronavírus. Esses clientes poderão prorrogar as próximas duas parcelas a vencer, que serão migradas para o final do cronograma de pagamento de suas dívidas.

Além da prorrogação das parcelas, a incidência dos juros será diluída ao longo de todo o cronograma de pagamentos. As linhas contempladas utilizam recursos próprios do Banco do Brasil. O objetivo é garantir que as micro e pequenas empresas não necessitem dispor de seus caixas para pagar empréstimos neste momento, liberando recursos para garantir o pagamento de funcionários e fornecedores.

O pequeno empresário que quiser se valer das medidas pode fazer a contratação diretamente no Gerenciador Financeiro. Também é possível realizar na agência, mas o Banco do BrasilB orienta que o empreendedor utilize o canal remoto.

As linhas contempladas são:

– BB Giro Digital

– BB Giro Empresa

– BB Giro Rápido

– BB Giro Cartões

– BB Giro Corporate

– BB Financiamento

Além disso, o Banco do Brasil informou que está com todas as suas linhas de crédito de capital de giro à disposição dos clientes, também no sentido de prover liquidez às micro e pequenas empresas.

Funcionamento agências
Diante do avanço da pandemia do novo coronavírus, o Banco do Brasil informa ainda que, a partir desta terça-feira (24/3), suas agências passam a operar das 10h às 14h, para proteger seus funcionários, clientes e a sociedade. Segundo o banco, a prioridade continua sendo a abertura de salas de autoatendimento, com abastecimento, limpeza e funcionamento de todos os terminais.

Ainda de acordo com o banco, o atendimento presencial será prestado somente em casos essenciais e de forma excepcional, como nas situações de desbloqueio de senha, desbloqueio de cartão, saques de benefícios sociais sem cartão, atendimento referente aos programas sociais destinados a aliviar as consequências econômicas do novo coronavírus e a pessoas com doenças graves.
Todos os demais serviços bancários oferecidos pelo BB aos seus clientes, como crédito, renegociação de dívidas, abertura de contas, bem como pagamentos e transferências estão à disposição por meio de sua plataforma digital.

O atendimento remoto no BB pode ser acessado por meio de suas diversas soluções digitais, como o Aplicativo BB (smartphone) e o portal do BB na internet (bb.com.br), além do WhatsApp (61) 4004-0001, da Central de Atendimento BB (0800-729-0001) e pelas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin). O BB ainda disponibiliza atendimento pelos terminais de autoatendimento, Banco 24 Horas e correspondentes bancários.

Caixa Econômica
O Governo Federal também anunciou medidas de crédito emergencial para as MPEs por meio da Caixa Econômica. Para micro e pequenas empresas, a redução de juros será de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% ao mês. As principais medidas incluem:

-Carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação para contratos de pessoa física e jurídica, inclusive contratos habitacionais.

– As empresas poderão solicitar pausa estendida de até duas prestações em seus contratos habitacionais.

– Linhas de crédito especiais, com até seis meses de carência, para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviços.

– Linhas de aquisição de máquinas e equipamentos e até 60 meses para pagamento.

*Agência Brasil

Receba conteúdo exclusivo sobre Capital de Giro cadastrando-se aqui:

Captcha obrigatório