Como manter a organização financeira da sua empresa

Quero controlar meu dinheiro

Artigo - 19 de fevereiro de 2021

Por Sebrae-SP  | Finanças, Planejamento Orçamentário

Um bom planejamento das contas do seu negócio não auxilia apenas na organização das finanças, mas em alguns casos pode ser uma maneira de proteger o caixa e evitar endividamentos, principalmente em um momento tão incerto como o da pandemia. Para adotar essa segurança, conheça formas de manter a organização financeira da sua empresa.

Ter o controle é essencial

Os empreendedores que conseguem controlar as finanças têm uma visão abrangente de toda a situação financeira dos negócios, conseguindo sempre prever momentos mais complicados e tomar decisões melhores. Desde economizar com a troca de um fornecedor até uma boa gestão dos estoques estão entre algumas ações possíveis para entender a rotina das finanças. Entre as informações para se anotar na hora de realizar a organização financeira da sua empresa:

  • Registar vendas à vista e a prazo;
  • Datas e valores dos pagamentos de despesas fixas, como água, luz e telefone;
  • Quais valores entraram por conta de empréstimos;
  • Entrada de dinheiro por conta de vendas de maquinários, imóveis e veículos;
  • Pagamento de fornecedores;
  • Pagamento dos investimentos;
  • Entrada de valores realizadas por aporte dos sócios;
  • Pagamento de despesas variáveis, como impostos e comissões;
  • Pagamento de empréstimos.

Planejamento na prática

Para que os controles sejam mais eficazes e a análise possa ser feita de maneira ágil e até mesmo de forma mais natural na rotina do trabalho, é preciso adotar algumas práticas, como:

  • Levantamento de custos – coloque na ponta da caneta todos os valores que compõe o custo de um produto, mercadoria ou serviço que você comercializa atualmente;
  • Fluxo de caixa – como citado, tenha anotado todas as entradas e saídas de valores do caixa de sua empresa, inclua também planos futuros que já estão previstos;
  • Preço das vendas – considere as taxas das suas vendas antes de definir qual será sua margem de lucro real;
  • Demonstrativo de resultado do exercício – mantenha também um controle das vendas, descontando os custos, despesas fixas, para que dessa forma a organização financeira esteja mais próxima da realidade dos resultados do seu negócio.

Não sabe como fazer esses processos? Não se preocupe, acompanhe nossa live e saiba como montar uma organização financeira impecável para sua empresa.

Aproveite e saiba mais sobre capital de giro da sua empresa

Captcha obrigatório