Dicas e ferramentas para manter os negócios durante o isolamento

Quero ser um empreendedor melhor

Artigo - 19 de março de 2020

Por Sebrae-SP  | Coronavírus, Covid-19, negócios

A crise de saúde pública causada pelo coronavírus colocou um contingente de trabalhadores em modelo de trabalho home office, ou seja, trabalhando dentro de casa. Os canais virtuais e as ferramentas digitais têm sido a alternativa não só para trabalhadores, mas para muitos negócios.

O Sebrae-SP lista algumas dicas sobre essas ferramentas e canais digitais disponíveis e como você pode fazer para manter, pelo menos em partes, seus negócios funcionando. Confira:

1-Se você estiver em um ramo de negócios que permita o atendimento a distância utilizando tecnologia, como é o caso de escolas, consultorias, consultórios de nutricionistas, consultórios de psicologia, escritórios de contadores, escolas de artes, entre tantos outros, procure agendar seus atendimentos online e use sua criatividade para garantir a interatividade e a qualidade do serviço.

2-Se você está no ramo do comércio, procure utilizar os canais virtuais para fazer sua divulgação e impulsionar as vendas, que poderão ser realizadas online por meio de diversas tecnologias e meios de pagamento. Avalia vender via marketplaces, redes sociais ou WhatsApp.

3-Conheça algumas opções de aplicativos web e mobile que permitem a interação a distância gratuitamente e que podem e devem ser usados para potencializar os negócios:

  • Facebook, Instagram e WhatsApp continuam a ser bons canais para divulgação de produtos e serviços, lançamento de coleções, vitrines virtuais e impulsionamento de vendas. O próprio Facebook divulgou algumas dicas para os donos de pequenos negócios. A saber:

*Forneça informações atualizadas de estoque: Alguns setores podem enfrentar problemas como ter o estoque reduzido, por isso é importante manter seus clientes atualizados em tempo real sobre o que está disponível no momento.

Tente fornecer atualizações para seus principais clientes por meio de uma conversa em grupo e mantenha um catálogo atualizado no aplicativo WhatsApp Business.

*Compartilhe o horário comercial atual: É importante manter os clientes informados sobre qualquer alteração no horário de funcionamento.

Use o perfil comercial no WhatsApp Business para exibir os dias e horários em que sua empresa está aberta e configure uma mensagem de ausência que informe aos clientes quando você está ocupado ou não disponível.

*Compartilhe proativamente informações importantes com seus clientes usando e-mail, site, Página do Facebook, Perfil do Instagram para Empresas, WhatsApp Business e Messenger.

Nessas canais, os empresários podem incluir informações sobre as medidas que estão tomando para tornar suas instalações ou produtos seguros, ou como estão lidando com novas demandas, como atraso inesperado no envio de produtos.

*Torne as entregas mais eficientes: à medida que a movimentação de pedestres e as visitas na loja diminuem, se esforce para tentar fazer mais negócios através de entregas.

Ative o recurso de localização ao vivo no WhatsApp quando estiver se aproximando de um local de entrega e peça a seus clientes que o usem na para tornar o serviço rápido e simples.

A rede social anunciou também o lançamento da Central de Recursos para Empresas (Business Resource Hub), uma central online de ferramentas e informações sobre canais e ferramentas para ajudar micro e pequenos empresários no enfrentamento da crise causada pelo coronavírus.

  • O Google Hangouts funciona para envio de mensagens, chamadas de voz e chamadas de vídeo, e permite fazer reuniões a distância, gratuitamente, para grupos de até dez pessoas.
  • O Skype permite fazer chamadas online e grátis com até 50 pessoas para conferências com áudio ou videoconferências em qualquer dispositivo.
  • O YouTube hospeda vídeos gratuitamente. Você pode criar seu próprio canal e utilizá-lo para gravar aulas, orientações, campanhas e comunicados.
  • O in (que recentemente mudou de nome para Whereby) é uma plataforma gratuita para fazer videoconferências e organizar reuniões a distância em salas online.
  • Ainda existem várias opções, como o Zoom, o Telegram e outras. Pesquise!

4-Aproveite o momento para se organizar em relação a provisões futuras, contas a pagar, contas a receber, cuidados em relação à saúde dos funcionários e questões internas a serem resolvidas na empresa.

5-Permita que seu cliente pague como ele quiser, usando os meios de pagamento eletrônicos a seu favor.

6-Invista em vendas mobile (via celular). Veja AQUI como usar o WhatsApp Business.

7-Esteja sempre presente em mais de um canal de vendas.

8-Mantenha-se próximo ao seu cliente por meio do relacionamento virtual.

9-Fique atento à grande oferta de cursos gratuitos online – voltados aos negócios – que começam a ser disponibilizados por diversas universidades, escolas e instituições, inclusive pelo Sebrae.

Acompanhe redes sociais dedicadas aos negócios, como o LinkedIn e o Facebook Empresas, para se atualizar sobre os últimos desdobramentos da Covid-19 para as empresas.

Nesta e na próxima semana, diariamente às 17h, o Sebrae-SP estará realizando transmissões ao vivo com seus consultores via Facebook e Youtube e  para tirar as dúvidas dos empreendedores de diferentes segmentos, entre eles alimentação, varejo e beleza.