Dona de farmácia conseguiu bater metas de faturamento após consultoria do Sebrae-SP

Quero ser mais competitivo no meu setor

Artigo - 13 de novembro de 2020

Por Sebrae-SP  | farmácia, Farmácia de manipulação, Sebrae Transforma

‘Minha empresa ficou muito mais fácil de ser administrada com as ferramentas que me foram passadas. Isso foi primordial para nosso sucesso’, afirmou Priscila Gomes de Prado, da Artesanal Botica

Como todo empreendedor, a farmacêutica Priscila Gomes de Prado começou a Artesanal Botica como um negócio pequeno. O passar dos anos trouxe bons resultados, o que fez Priscila dar um novo passo na história de sua empresa. Em 2017, a empreendedora decidiu que era hora de não se limitar a Assis, região oeste do Estado de São Paulo, e alcançar novos mercados, abrindo uma filial.

Porém, logo vieram os percalços que a fizeram descobrir, a duras penas, que o sonho seria muito mais complexo. “Tive problemas para conseguir licenças e autorizações, que são coisas essenciais para farmácias de manipulação e são bem burocráticas. Por conta disso, tive que encerrar essa unidade”, relembra Priscila.

Por conta dessa experiência, ela buscou a consultoria do Sebrae em Marília. Logo em seu primeiro curso, Priscila percebeu a importância da ajuda para os rumos do seu negócio. “Meu primeiro contato foi com o programa ‘Na Medida’ focado para a área de farmácia de manipulação. No segundo mês, quando começou o módulo financeiro, apliquei os ensinamentos nos controles do meu negócio e percebi que estava conseguindo fazer isso com mais propriedade”, relembra.

Conhecimento adquirido, planejamentos sendo colocados em ordem, 2020 poderia ser um ótimo momento para a Artesanal Botica. Só que em março veio a pandemia. A diferença é que desta vez Priscila não passaria por isso sozinha. No início do ano, durante uma trilha formada pelo Sebrae, ela conheceu a consultora Adriana Montoro, com quem trabalha até hoje o planejamento e monitoramento do faturamento da empresa.

“Nesse momento, veio uma recessão de consumo até mesmo para a Artesanal. Para lidar melhor com isso, nós começamos a trabalhar com o histórico de faturamento ano a ano. Assim, nós criamos metas que fossem atingíveis. Durante a pandemia, toda vez que fazíamos a consultoria, nós acompanhávamos o caminhar desses objetivos baseados em históricos; foi quando a auxiliei a pensar no valor de faturamento usando uma escala com estágios, que chamamos de prata, ouro e desafio”, explica Adriana sobre como ajudou a estruturar o planejamento.

As reuniões, realizadas de maneira remota a cada 15 dias, mostraram que equipe estava conseguindo bater as metas definidas. Mesmo com o movimento mais fraco, Priscila pôde perceber a mudança positiva nos resultados. “Durante a pandemia, a ajuda da Adriana foi essencial. Ela auxiliou na decisão se deveríamos optar pelos incentivos governamentais que estavam sendo disponibilizados e tirou todas as minhas dúvidas. Tanto que foi nesse período que tivemos o maior faturamento em 13 anos”, explica a farmacêutica.

Além do planejamento, a situação atípica da pandemia fez com que a busca pelos produtos produzidos pela Artesanal Botica fosse maior, como conta Priscila. “Enquanto muitos estabelecimentos estavam fechados, nossa farmácia conseguiu permanecer aberta”, conta a empresária. “No Dia das Mães, por exemplo, muitas pessoas buscaram a Artesanal para comprar presentes, o que não era muito comum em outros anos. A demanda por produtos que manipulamos para a Covid, como álcool em gel, também subiu bastante, com isso, tivemos uma média de crescimento de cerca de 30%.”

A consultora Adriana credita todo esse sucesso não apenas ao planejamento e oportunidades, mas também à postura de Priscila. “Mesmo com a pandemia e outras situações do mercado, ela vem se dedicando. Considero esse um caso de sucesso principalmente pela forma como Priscila age em relação ao comportamento de empreendedora, porque ela consegue executar aquilo que se propôs.Muitos empresários têm esse desejo, mas não têm a atitude que ela teve. Só a minha orientação não resolve, a consultoria é um trabalho em conjunto com o empresário.”

Atualmente, Priscila planeja focar seus esforços em melhorar a presença da Artesanal Botica nos meios digitais, pois sente-se aliviada que a administração de sua empresa foi facilitada pela relação com Adriana e o Sebrae. “Como todo dono de um pequeno negócio, entramos na rotina de execução e acabamos deixando o planejamento e controle para depois. Minha consultora conseguiu me fazer enxergar que estava aí a diferença para a saúde financeira do meu negócio”, diz Priscila. “Hoje, minha empresa ficou muito mais fácil de ser administrada com as ferramentas que me foram passadas. Isso foi primordial para nosso sucesso”, comemora.

Como criar um plano de ação

Captcha obrigatório