Lucratividade: descubra o que é e como calcular

Quero controlar meu dinheiro

Artigo - 19 de janeiro de 2022

Por Sebrae-SP  | Faturamento, ganho, lucro obtido, valor líquido

Com certeza você já deve ter pensado “Será que meu negócio está realmente dando lucro?” ou então “Como eu sei o quanto minha empresa está lucrando?”. A partir de hoje, você não vai precisar mais realizar esse tipo de pergunta, pois você vai aprender a calcular a lucratividade da sua empresa, ou seja, se ela está, de fato, dando lucro.

A lucratividade é um indicador financeiro muito utilizado por empresas de diferentes tamanhos. Neste artigo, você vai descobrir o que é a lucratividade e como calcular esse índice tão importante para os negócios. Vamos lá?

O que é lucratividade

Todo e qualquer negócio tem um objetivo em comum: gerar lucro. E é por meio da lucratividade que é possível saber, de forma exata, o quanto a sua empresa lucrou em relação às vendas do período.

Ainda, a lucratividade leva em consideração todos os seus gastos com aluguel, compra de mercadorias, contas de água e luz, entre outros.

Basicamente, esse indicador é a relação entre o lucro líquido, dinheiro que sobrou depois do pagamento das contas, com a sua receita bruta, ou seja, tudo o que entrou no caixa.

Nos próximos tópicos vamos dar exemplos práticos; assim, o entendimento desse indicador financeiro ficará muito mais claro. Vem com a gente!

Como calcular a lucratividade da sua empresa 

Para que você possa calcular a lucratividade do seu negócio, o primeiro passo é estabelecer um período. Pode ser um dia, uma semana, um mês, um semestre ou ano. Quanto a esse tempo, fique livre para avaliar o intervalo que desejar e for útil para você.

Depois de selecionar o período, você vai precisar de duas outras informações fundamentais:

Lucro líquido: para obter seu lucro líquido, você vai precisar pegar tudo o que recebeu, ou seja, as entradas relativas às vendas de produtos ou prestação de serviços, e descontar o que foi utilizado para o pagamento das contas daquele período escolhido.

Receita total: já a receita total é todo esse montante recebido, sem os descontos, ou seja, seu faturamento.

Para saber a lucratividade da empresa, é preciso dividir o lucro líquido pela receita total. Esse valor vai ser multiplicado por 100 para se obter a porcentagem, conforme a fórmula abaixo:

Lucratividade = (Lucro Líquido / Receita Total) * 100

A seguir, trouxemos um exemplo bastante prático para que você entenda o cálculo.

Imagine que você revende roupas infantis e quer saber se teve lucro no último mês. Durante esse tempo, todo o dinheiro que entrou do seu caixa resultou em um total de R$5 mil.

Após pagar as despesas, como fornecedores e impostos, sobrou no caixa da empresa R$2 mil.

Logo, seu lucro líquido foi de R$2 mil e a sua receita total de R$5 mil.

Agora que você já tem os valores, é só aplicar a fórmula:

Lucratividade = (2000/5000) * 100

Lucratividade = 40%

Esse resultado quer dizer que a sua lucratividade do último mês foi de 40%, ou seja, a cada 1 real investido, você lucrou 40 centavos.

É importante que você mantenha seu resultado sempre positivo, caso contrário, você está tendo prejuízo.

Por que calcular a lucratividade

Conhecer o conceito de lucratividade e saber realizar seu cálculo é muito importante para as suas finanças. Afinal, ela permite que você saiba, rapidamente, se o seu negócio está te dando lucro ou prejuízo.

Além disso, você pode analisar seus dados de meses anteriores para te ajudar a tomar decisões. Por exemplo, caso você perceba que a lucratividade está caindo, é possível verificar o que está sendo feito de diferente e que pode ter levado a esse resultado.

Você também pode constatar que as suas vendas são melhores em determinadas épocas do ano, ou seja, são sazonais. Nesse caso, é importante que você trabalhe com uma reserva financeira para não comprometer a saúde da sua empresa.

É importante calcular a lucratividade ano a ano, dessa forma você consegue acompanhar o desempenho da sua loja ao longo do tempo e saber se no apanhado geral ela também está com um bom desempenho ou não.

5 maneiras de aumentar a sua lucratividade

A busca por alternativas para aumentar a lucratividade da sua empresa precisa ser algo constante. Abaixo, reunimos algumas ações que podem ser realizadas para este fim. Confira!

1 – Faça parcerias com fornecedores

Criar parcerias com seus fornecedores é uma ótima maneira de conseguir melhores preços e, assim, aumentar seu lucro. Além disso, você pode ter uma maior variedade de produtos e conquistar uma boa imagem perante seus clientes.

Mas lembre-se de que é fundamental contar com mais de um fornecedor. Dessa forma, você não corre o risco de ficar sem mercadoria em caso de imprevistos.

2 – Busque por novos clientes

Quanto mais vendas você realizar, maior será seu lucro. Portanto, é muito importante que você invista em ações para atrair novos clientes para o seu estabelecimento.

Você pode utilizar as redes sociais, oferecer seus produtos e serviços em conjunto com algum parceiro e fazer uso de cartazes. Use sua criatividade para criar estratégias e fique atento a sua concorrência.

3 – Fidelize atuais consumidores

Além de atrair novos clientes, é fundamental que os atuais consumidores continuem a comprar de você e ainda recomendem seu produto ou serviço. Chamamos isso de fidelização.

Para estimular a fidelização, você pode fazer uso de cartões fidelidade, nos quais a partir de uma determinada quantidade de compra, o cliente ganha um presente. Esse brinde pode ser um desconto ou até mesmo um produto.

4 – Verifique seus preços

Você já parou para pensar se os seus preços são suficientes para cobrir seus custos e ainda ter lucro? Muitos empreendedores não realizam uma precificação correta dos seus produtos ou serviços. Assim, acabam tendo um lucro baixo.

Ao precificar corretamente, você pode ter um grande incremento da sua receita, incluindo o lucro. Faça esse exercício, tenho certeza que você se surpreenderá com o resultado.

5 – Corte custos

Nossa última dica está relacionada aos custos do seu negócio. Veja se é possível reduzir seus gastos e despesas, pode ser a troca de algum equipamento por outro que consuma menos energia ou até mesmo a troca de fornecedor.

Só lembre-se de que tudo deve ser feito buscando não impactar de forma negativa a qualidade dos produtos ou serviços.

Esperamos que a leitura deste artigo tenha te ajudado a entender melhor o conceito de lucratividade e a encontrar maneiras de aumentá-la. Para continuar a aprender mais sobre finanças, continue lendo o Blog do Sebrae.