Motor bem regulado

Quero prosperar como MEI

Artigo - 21 de abril de 2021

Por Sebrae-SP  | Inovação, Sebrae Transforma

Com a ajuda do Sebrae-SP, Ligia Maruyama modernizou sua oficina mecânica.

Ligia Harue Maruyama e o marido, Eduardo Kashiwaya, se conheceram no Japão, onde viveram  durante oito anos. Ao voltarem para o Brasil, decidiram usar o dinheiro guardado para montar uma oficina mecânica, em Vargem Grande Paulista. Concretizar a ideia não foi fácil. “Enquanto construía a oficina, moramos de favor na casa da minha sogra”, conta Ligia. A compra dos equipamentos foi outra dificuldade, por serem itens que devem estar sempre atualizados tecnologicamente.

A Sekwy Automotivo começou a funcionar em 2002. A empresária lembra que, em dois anos com as portas abertas, sua reserva financeira acabou e estavam praticamente pagando para trabalhar. “Eu estava quase desistindo, mas meu marido me pediu para continuar. Só no terceiro ano conseguimos equalizar as contas”, diz Ligia. Segundo ela, o apoio do Sebrae foi fundamental para entender o que estava errado. “Desde o começo, o Sebrae foi um braço forte para nós. Precisávamos aprender para poder tocar a oficina com maestria.” O primeiro curso que ela fez foi o “Apreender a Empreender”. “Depois participamos de outros e conhecemos o Reginaldo. Ele nos ajudou bastante, sempre trazendo novidades e dicas para alavancar o nosso centro automotivo.” Reginaldo de Andrade Santos é analista de negócios e especialista no setor de reparo automotivo no Escritório Regional do Sebrae-SP em Osasco. Segundo ele, Ligia tem como principal característica o comprometimento.

“Ela tem um comportamento empreendedor muito forte e comanda uma empresa familiar. Ela identificou com rapidez os problemas em seu negócio”, explica. Ligia optou por fazer de seu negócio uma oficina autorizada da Bosch. A ideia foi se distanciar da imagem de oficina antiga, já que isso afastava o público, principalmente o feminino. “Eu tinha o foco de tirar aquela imagem de um local desorganizado e cheio de fotos de mulher na parede. Com tempo, isso foi se desfazendo e tornando o nosso negócio mais um centro automotivo do que uma oficina.” Ligia destaca os benefícios da proposta. “Foi fundamental para fidelizar e trazer mais clientes. Foi um processo demorado, mas quando a autorização veio, fiquei bem mais tranquila para trabalhar.”

Atualmente, Ligia participa do programa de Agentes Locais de Inovação (ALI), do Sebrae-SP, e busca o certificado do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), promovido pelo Sebrae-SP em parceria com o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo (Sindirepa). O trabalho tem como foco ajudar os empreendedores da área a organizar o negócio para atuar de forma correta e padronizada. “O programa disponibiliza uma certificação bem valorizada no setor”, explica o analista do Sebrae-SP. Ele ressalta que normalmente é um serviço pago, mas com a parceria, sai de graça. Ligia agora planeja os passos seguintes. “Nosso desejo é ser modelo para outros centros automotivos. Temos vontade de levar conhecimento por meio de palestras, cursos e consultorias. Existem muitos jovens que gostam de carro, se trabalharmos com eles, vamos ajudar o setor a ter grandes profissionais.”

Conheça melhor o mercado em que você atua

Captcha obrigatório

Finalizando o preenchimento do cadastro, você declara estar ciente e aceitar os Termos e Condições de Uso deste site e autoriza o compartilhamento de seus dados com o Sebrae-SP conforme a Lei Geral de Proteção a Dados Pessoais (Lei Nº 13.709, de 14 de agosto de 2018). Acesse e saiba mais.