Por que fevereiro pode ser o mês mais estratégico para o seu negócio

Quero ser um empreendedor melhor

Artigo - 19 de dezembro de 2019

Por Sebrae-SP  | Planejamento, Plano de Ação

As datas comemorativas ao longo do ano impactam diretamente o varejo, pois, grande parte delas, incentiva o consumo ao estimular presentear familiares e amigos. Por isso, é estratégico que os PMEs tenham uma visão geral do calendário para programar suas vendas e aproveitar essas ocasiões para lucrar mais e conquistar clientes.

Preparar o estoque, pensar na estratégia de marketing, fazer o planejamento de vendas ou treinar equipe são ações que não se deve planejar em cima da hora para datas em que há aumento de demanda. Por exemplo, quem vende flores, não pode esperar o mês de maio começar para se preparar para o Dia das Mães. Algumas datas, como Black Friday, pedem que o empreendedor tenha um pensamento estratégico até três meses antes.

Por conta disso, para o comércio, o mês de fevereiro irá concentrar o planejamento para o Dia da Mulher, o Dia do Consumidor e a Páscoa. Com a ajuda do consultor de negócios do Sebrae-SP Davi Jeronimo, preparamos um calendário de 2020 anotando quando o empreendedor deve estar pensando cada data do ano. Confira:

JANEIRO

Carnaval – 25 de fevereiro
Uma das primeiras decisões que o empreendedor precisa tomar já em janeiro é sobre o funcionamento de sua loja nos dias de Carnaval. O planejamento estratégico precisa levar em conta os dias em que o estabelecimento não abrir. Começa por estabelecer metas para compensar os dias de portas fechadas em outros meses também é uma ação a ser planejada.
Para os que optarem por abrir as portas, fiquem atentos ao planejamento de dias e horários de funcionamento – bem como aos produtos que serão disponibilizados para venda, afinal, o Carnaval exige estoque voltado para as comemorações e criatividade para atrair clientes.

FEVEREIRO

Dia das Mulheres – 8 de março
O Dia das Mulheres tem ganhado cada vez mais importância em tempos de discussão sobre o papel da mulher na sociedade e sobre empoderamento feminino. Por isso, é importante dedicar-se ao planejamento de vendas para a data com pelo menos um mês de antecedência. Ter uma boa vitrine e investir na divulgação é essencial. Uma dica é avaliar que tipos de produtos fizeram mais sucesso nos anos anteriores.

Dia do Consumidor – 15 de março
Esta data pode ser vista como oportunidade para trabalhar o relacionamento com seus clientes: é possível criar uma boa proposta de descontos para os fregueses mais próximos e também produzir conteúdo exclusivo para chamar a atenção desse público.

Páscoa – 12 de abril
A Páscoa é uma data muito positiva para vendas no primeiro semestre, por isso, o planejamento das ações deve ser feito com ainda mais antecedência – pelo menos dois meses antes. É importante verificar quais as tendências para vendas nessa época, planejar estoque, olhar o histórico de vendas do ano anterior. Todo o varejo pode se beneficiar da Páscoa – não apenas quem vende chocolates. É possível pensar em ações para aproveitar a data, mas não é o momento para promoções ou queima de estoque. O mais estratégico aqui é focar em faturamento e lucro.

MARÇO

Dia do Frete Grátis – última semana de abril
Dos mesmos criadores da Black Friday e o da Cyber Monday, as lojas focadas em e-commerce devem aproveitar o Dia do Frete Grátis: data que traz 24 horas de ofertas especiais em diversas lojas do comércio eletrônico. Grandes redes – como Amazon e Mercado Livre – já usam. É uma oportunidade para focar em produtos que estão “sobrando” no estoque para ajudar na renovação dos produtos de sua loja. Realizar combos de vendas para ajudar no giro das mercadorias também pode ser uma opção. Não deixe de fazer uma boa análise sobre o preço de cada produto para não perder muita margem por conta do frete grátis.

ABRIL

Dia das Mães – 10 de maio
A data é encarada pelo comércio como o segundo maior período de vendas, só perdendo para o Natal. Uma sugestão para alavancar as vendas é levantar o valor médio gasto pelos clientes no último Dia das Mães, conhecer o perfil do público que já comprou nesta loja e criar ações para atender este público específico. É uma data que trabalha muito com venda afetiva, então é estratégico conhecer a realidade do cliente.

MAIO

Dia dos Namorados – 12 de junho
Em 2020, o dia dos namorados cairá em uma sexta-feira. É uma data que costuma gerar muitas compras de última hora, mas mesmo assim o planejamento de estoque é muito importante para não descapitalizar o negócio devido a uma negociação ruim com fornecedores.

JUNHO

Dia do Amigo – 20 de julho
O Dia do Amigo ainda não é tão explorado pelo comércio, mas é uma data que está se popularizando. Vale a pena investir na criatividade e bolar presentes com preço baixo e que estimulem a compra de pequenas lembranças para movimentar o mercado.

JULHO

Dia dos Pais – 9 de agosto
É uma data que chega a rivalizar em movimento com o Dia das Mães. Também é uma boa ocasião para trabalhar com o comércio afetivo, sempre baseado em pesquisas sobre as vendas dos anos anteriores para montar boas estratégias.

Dia das Crianças – 12 de outubro
Uma das datas com maior volume de vendas para o varejo. A demanda é muito alta mesmo nas semanas antecedentes. Por isso, o planejamento estratégico deve ser feito com pelo menos três meses de antecedência. Esse tempo é importante para trabalhar a parte de marketing e fazer uma gestão de estoque atenta – negociando preços e prazos com os fornecedores.

AGOSTO

Dia do Cliente – 15 de setembro
O dia do cliente também é uma oportunidade para estreitar relacionamento com seu público consumidor. É uma data que pode ser usada para estimular metas de vendas internas, fazer renovação de estoque, atrair novos clientes e trabalhar a fidelização dos já existentes.

SETEMBRO

Halloween – 31 de outubro
A comemoração do Dia das Bruxas tem crescido muito no Brasil nos últimos anos, por isso merece atenção especial. É importante se preparar para ter produtos específicos para a data – e qualquer tipo de estabelecimento comercial pode aproveitar o momento. Lojas de roupa, por exemplo, podem vender camisetas temáticas. As lojas de bairro podem se beneficiar ofertando produtos que ajudam a comemorar o dia, como fantasias e kits de doces, já que muitos clientes não estão dispostos a encarar maratona de compras dos centros de comércio popular.

Natal – 24 de dezembro
O Natal é a data mais importantes para vendas do ano. É uma época em que todos podem vender bem. Para essa ocasião, investir em uma vitrine atraente é essencial. Planejamento de estoque, negociação com fornecedores sobre prazos de entrega e pagamento, bem como o conhecimento sobre o histórico dos anos anteriores são pontos essenciais para ter sucesso nessa data. Por lidar com tantos detalhes, a orientação é que o planejamento seja feito com, no mínimo, três meses de antecedência.

OUTUBRO

Black Friday – 27 de novembro
Para estar bem preparado para a Black Friday, é ideal que o empreendedor tenha um inventário de produtos bem elaborado. Isso porque esse dia – ou até o mês, como tem se tornado comum no Brasil – é uma excelente oportunidade para renovar o estoque e eliminar produtos que estão guardados em grande quantidade, ganhando com o volume de vendas. Ao conseguir reduzir o estoque excedente, o fluxo de caixa melhora e abre-se espaço para receber mais produtos para o Natal.

NOVEMBRO

Cyber Monday – 1ª semana de dezembro
O Cyber Monday é a data criada para ajudar a alavancar as vendas logo após a Black Friday. É voltada principalmente para o e-commerce, mas as lojas físicas também podem aproveitar. Para ser estratégico aqui, a ideia é desenvolver ações digitais para atrair o público e fazer a “queima da queima” do estoque.

DEZEMBRO

Em dezembro, o empreendedor deve estar focado nas vendas de Natal e períodos de troca. O movimento é intenso e a logística pode ser complexa. O empreendedor do varejo precisa vender, fazer o fluxo de estoque, receber e efetuar trocas. Por isso, o importante é uma logística desenhada com antecedência – tanto de processos como de pessoas.

Receba conteúdo exclusivo sobre este assunto cadastrando-se aqui:

Captcha obrigatório