Você está preparado para abrir um negócio? Saiba que sua vida vai mudar

Quero abrir minha empresa

Artigo - 15 de outubro de 2019

Por Sebrae-SP  | abrir um negócio, empreendedorismo

Muitos daqueles que querem abrir um negócio têm uma gama de dúvidas sobre como iniciar no caminho do empreendedorismo. E isso é normal. Mas muitos também têm uma ideia imprecisa sobre como é a vida de um empreendedor.

A primeira coisa a ter em mente – e estar muito ciente disso – é de que sua rotina vai mudar. E muito. Ao contrário do que muita gente pensa, o empreendedor não tem vida fácil e empreender não significa trabalhar menos. Esse é um dos erros mais comuns dos aspirantes a empreender.  O dia a dia da gestão de um negócio envolve muitas atividades. Outro erro é achar que o fato de não ter um patrão deixa tudo mais simples. Os seus clientes lhe cobrarão como um patrão, pois nem sempre vão sequer perdoar uma única falha. Esteja preparado para trabalhar muito.

É importante saber também se você tem um perfil empreendedor, como liderança, saber lidar com os riscos de uma atuação independente e ser persistente. Assim como é necessário saber qual é o motivo que o leva a concretizar a ideia do seu negócio e se esta ideia está alinhada à sua personalidade, preferências, gostos e estilo de vida. Um negócio é mais que ganhar dinheiro, precisa ser motivador e trazer realização profissional.

Ninguém que inicia uma empresa espera perder dinheiro. Por isso, a calculadora deve ser uma fiel companheira e as contas devem ser controladas da forma mais rígida possível. Como muita coisa pode acontecer de forma diferente do planejado, é condição básica ter uma reserva financeira. No início de um negócio é bastante comum gastos com reformas, compra de itens para estoque, máquinas, contratações, propagandas etc. O planejamento financeiro vai fazer a diferença para o sucesso da empreitada.

Outro ponto subestimado por quem quer abrir um negócio é pensar que, ao abrir um negócio, será apenas o dono. Na verdade, o empreendedor será o dono, mas também o responsável pelo marketing, pela  contabilidade, pelas compras, pelo atendimento ao cliente, entre outras funções. Por isso, é recomendável que se identifique as áreas em que se tem mais dificuldade e procurar por capacitação. Hoje em dia há muita oferta de cursos, palestras, leituras e outros recursos de apoio. Tenha atenção também para reunir informações para avaliar a viabilidade da empresa e para reduzir os riscos. Não abra um negócio sem antes pesquisar, pelo menos, informações sobre seu futuro mercado consumidor, fornecedor e concorrente. Lembre-se: nenhum negócio vive bem de improvisos.

Assim como um negócio não vive de improviso, também não se sustenta sem um plano de ação. Não basta ter boas ideias. Para transformar objetivos em realidade, o empreendedor precisa ter um planejamento e definir as metas da empresa. O dia a dia, porém, sempre acabará por tomar conta da sua agenda e se você não tiver algum tipo de plano certamente deixará as ações importantes de lado para dar vazão às emergenciais (porém menos importantes). A definição de uma plano de ação com metas e objetivos lhe ajudará a identificar os recursos, tempo e dinheiro que serão necessários para ter sucesso e, principalmente, será um guia importante para não deixar as distrações tomarem conta da sua empresa.

E os clientes? Muitos pensam que a clientela aparecerá como consequência natural do negócio, ou atraídos pela boa ideia de serviço ou produto. Alguns até podem chegar por esse caminho. Mas antes de iniciar um negócio é importante estudar como a empresa promoverá seus produtos/serviços e de que maneira se relacionará com
os futuros consumidores. Para isso, estude o perfil do público, suas características e como compram hoje. Entenda
também o que os concorrentes estão fazendo e se há oportunidades para se destacar.

Para finalizar, a orientação é: seja diferente.  O mercado é bastante dinâmico e concorrido. Os consumidores possuem inúmeras alternativas para escolher e para não ser apenas mais uma, reflita sobre quais serão os seus diferenciais competitivos. Lembrando que não basta achar que sua empresa é melhor, é necessário divulgá-la e convencer os clientes disso.

Receba conteúdo exclusivo sobre este assunto cadastrando-se aqui:

Captcha obrigatório

Finalizando o preenchimento do cadastro, você declara estar ciente e aceitar os Termos e Condições de Uso deste site e autoriza o compartilhamento de seus dados com o Sebrae-SP conforme a Lei Geral de Proteção a Dados Pessoais (Lei Nº 13.709, de 14 de agosto de 2018). Acesse e saiba mais.